Diários de Uma Feminista. Tecnologia do Blogger.

Misoginia institucionalizada: a repulsa social pelo gênero feminino


Já imaginaram que louco seria se as pessoas sentissem nojo, repulsa e/ou desprezo contra assassinos, estupradores e espancadores de mulheres como têm nojo, repulsa e/ou desprezo por pelos no corpo da mulher, sangue de menstruação, mamilos femininos em evidência...??? A misoginia é o ódio institucionalizado contra a mulher. É institucionalizado porque há um aparato social normativo que constitui e regula práticas sociais de ódio e violência contra o gênero feminino e tudo o que a ele é relacionado. A sociedade é tão misógina que se indigna mais com uma mulher peluda que com o caso de uma mulher estuprada. Por que nossos pelos ofendem tanto? Por que nosso sangue, algo natural, ainda é tão estigmatizado? Por que simples mamilos causam um alvoroço? Por que estrias são motivos de zombaria? Por que não nos deixam (não) usar maquiagem em paz? Por que nos regulam e nos limitam em seus moldes machistas e misóginos? Para nos subordinar! Para nos ponderar! Para nos oprimir e manter o poder sobre nós. 

Menstruação e pelos no corpo da mulher ainda é um assunto tão tabu que você fala dele e os machos já imaginam você jogando a buceta suja de sangue de menstruação na cara deles, as mulheres com misoginia internalizada já lhe veem como uma sem noção que usa sangue de menstruação na comida, as empresas já imaginam como vão ser obrigadas a trocar o liquido azul por um vermelho nas propagandas de absorvente e a galera darkfóbica teme ser amarrada por você num coqueiro em noite de lua cheia... para concretização de seus pactos com bodes misândricos e despirocadores que gostam de bodar e ouvir Joy Division.

Há um tempo, li o desabafo de uma mulher que foi "largada" pelo namorado por menstruar todos os meses, segundo a escritora e atriz Katie Della Mora, de Nova York, Estados Unidos, seu ex-companheiro odeia sexo com menstruação (ela menstrua os 30 dias seguidos por acaso? ou ele quer transar todo dia? está se sentindo o pica das galáxias o machinho hein) e por isso a "trocou" por uma mulher que só menstrua a cada três meses. Algumas coisas bem que a gente podia desver hein, amigas? Manda meteoro, Deusa, e devolva a terra para os dinossauros, por favor. 

O desabafo é em tom de lamentação, mas também não deixa de criticar a outra mulher pela babaquice do ex-macho dela. Detalhe: a escritora critica a mulher por fazer tratamento hormonal para não menstruar todo mês. Ora, o que essa mulher faz com o próprio corpo não é da conta de ninguém. O que deve ser apontado é o fato de o macho em questão ver mulheres apenas como bonecas infláveis onde ele usa o pinto... Machos que têm pavor de menstruação, é simples: se relacionem com outros machos cis... assim nenhuma mulher terá o desprazer de se envolver com trastes como vocês. Em tempo, ninguém está pedindo para vocês fazerem igual o eu lírico da música Vampiro Doidão e beberem sangue de menstruação, se situem, machos.

Sobre pelos, é incrivelmente absurdo (e misógino) que pelos no corpo da mulher sejam tão demonizados. Ter pelos é uma coisa natural, ainda mais numa mulher adulta, que passou pela puberdade. Uma mulher adulta real não é uma boneca inflável lisinha feita para macho enfiar o pinto frágil que broxa com uns pelinhos. "Mas eu gosto de mulher, não de pelos... ainda mais na...", disse o macho com a selva tropical no cu. Quem gosta de manga não liga para fiapo. Sinceramente isso cansa. Machos cansam! E por falar em machos que alegam broxar por pelos, têm também os que ficam chorando "estrias são broxantes" na internet, humilhando e zoando as mulheres que têm estrias, pois segundo eles "é preferível comer uma zebra que pegar uma mulher com a bunda cheia de estrias"... machos misóginos e zoofílicos. 


"não mostra o mamilo
esconde esse sutiã 
tira o batom vermelho 
minissaia não 
não pode falar de menstruação 
alisa esse cabelo 
emagreça 
se faz sexo é vadia 
se não faz sexo é vadia puritana 
se livra dessas estrias 
tira esses pelos 
encolhe essa barriga 
seja delicada 
não sente assim 
não corra desse jeito 
não fale palavrão 
tem que casar 
tem que ter filhos 
não pode abortar 
mãe solteira não presta 
mulher de verdade tem que...'' 

Repararam como os machos que se dizem HÉTEROS têm dificuldade de gostar de mulheres? Reclamam de maquiagem, mas reclamam também da falta de maquiagem (falta de zelo com a imagem), reclamam dos mamilos femininos, mas reclamam também dos sutiãs com bojo (''propaganda enganosa''), reclamam de pelos, reclamam de menstruação, reclamam de estrias, varizes, gordurinhas, reclamam do cabelo, reclamam da cor da buceta, da forma, cheiro, gosto... reclamam para caralho e tanto mesmo que deviam se relacionar com seus ''bródis saradões-cuscuzeirudos da bunda lisa'' que não menstruam ao invés de passarem o dia na internet fazendo textão para falar mal dessas coisas maravilhosas que são as mulheres! 


Lizandra Souza.

0 comentários:

Postar um comentário

Feminismo é a ideia radical de que mulheres são gente!