Diários de Uma Feminista. Tecnologia do Blogger.

Cristofobia no Brasil?



Não sei o porquê de tanto ódio e discriminação contra crentes/cristãos nesse país. Cristofobia existe no Brasil, olhem só a realidade:

1. Crentes/cristãos têm seus direitos civis impedidos, como o casamento civil igualitário de crentes/cristãos com outros crentes/cristãos porque, simplesmente, são crentes/cristãos.

2. Crentes/cristãos apanham na rua simplesmente ao andar de mãos dadas com outros crentes/cristãos.

3. Grupos LGBT+ brasileiros vão a outros países ensinar a outros povos e/ou culturas que ser crente/cristão é algo desprezível e errado, fazendo apologia a discriminação e ódio contra crentes/cristãos nesses lugares, onde, muitas vezes, criam até leis nas quais ser crente/cristão se torna um crime punível com prisão perpétua e morte, o que vai chegar logo aqui no Brasil.

4. Crentes/cristãos são questionados/criticados ao quererem formar uma família com outros crentes/cristãos.

5. Crentes/cristãos, no Brasil, são mortos simplesmente por serem crentes/cristãos.

6. Existem bancadas LGBT+ no Congresso Nacional com o único propósito de destruir os direitos civis dos crentes/cristãos.

7. Inúmeros líderes religiosos não-cristãos estão, em geral, nas maiores igrejas do Brasil e nos maiores canais brasileiros de TV aberta pregando discurso de ódio contra crentes/cristãos.

8. Vários juízes, advogados, médicos, psicólogos e políticos LGBT+ usam de sua posição de poder social para negar direitos básicos aos crentes/cristãos simplesmente porque são crentes/cristãos.

9. Diversas ONGs LGBT+ existem com o propósito de perseguir e difamar crentes/cristãos no Brasil.

Existe cristofobia, ainda mais no Brasil.
Só que não.

Não confunda esteriótipos ou "pré-conceitos" que ALGUMAS pessoas cristãs podem sofrer em decorrência do comportamento fundamentalista da massa cristã (a que mais está visível na sociedade, na mídia...) que prega ódio e discriminação contra LGBTs+ com fobia enquanto opressão estrutural.

Nós, não-héteros e/ou não héteros-cis, sofremos opressão estrutural.
Vocês, cristãos, ainda mais aqui no Brasil, com o Estado que apesar de laico, é extremamente cristão-fundamentalista na prática fora da Constituição Federal vigente, no máximo sofrem um esteriotipozinho a nível de discurso.

Situemo-nos! 

0 comentários:

Postar um comentário

Feminismo é a ideia radical de que mulheres são gente!