Diários de Uma Feminista. Tecnologia do Blogger.

Homem-pássaro não passará


Quase chegando ao supermercado, notei que no meio da rua tinha um homem estranhamente estranho assobiando para mim. Depois de olhar profundamente em seus olhos, eu pisquei para ele. Na saída do supermercado eu logo o vi sorrindo para mim. Não perdi tempo, fui em sua direção. Quando finalmente me aproximei dele, lhe entreguei alguns pacotes de alpiste. “Pronto! Agora você pode parar de assobiar e de passar vergonha.”, eu disse.
Fui embora e nunca mais o vi nem o ouvi.


Lizandra Souza.

2 comentários:

  1. Queria um beijo e vc me deu alpiste, meu coração se frustrou mais uma vez, mas, pelo menos, pude juntar uns pombos, no banco da praça, para aplacarem minha solidão

    ResponderExcluir

Feminismo é a ideia radical de que mulheres são gente!