Diários de Uma Feminista. Tecnologia do Blogger.

Escolha óbvia



Sem mais delongas, chegou a hora. Ele, na sala, sôfrego, segurando as malas pesadas, berrou: ''Ou o feminismo ou eu''. Não pensei duas vezes. O olhei com ares de pesar, lhe dei um forte abraço, apertei sua mão, sorri, acariciei seu rosto, peguei as malas pesadas de suas mãos e o acompanhei até a saída da casa. Lá, depois de devolvê-las, sussurrei:
''Uma última ajudinha''.


Lizandra Souza.

0 comentários:

Postar um comentário

Feminismo é a ideia radical de que mulheres são gente!